Minchá

MINCHÁ SERVIÇO DA TARDE


A origem do ofício do oficio de Minchá é atribuído ao patriarca Isaac: “E saiu Isaac para passear (geralmente interpretado como saiu para orar ) no campo, nas horas da tarde” (Gênesis 24:63). Esta oração substituiu o sacrifício diário da tarde, que se oferecia no Templo; daí provém o termo “minchá” (oferenda).
Ela pode ser rezada a partir de meio-dia e meia (Minchá Guedolá) ou a partir das quinze horas e trinta minutos (Minchá Ketaná), até o pôr do sol.
Desde o século XIX generalizou-se o costume de se realizar este ofício pouco antes do pôr sol, e após um breve intervalo, rezar Arvit. Um dos motivos é que esses momentos são considerados como hora de misericórdia.

Ashrê (Salmo 145)

Ashrê ioshvê vetêcha, od iehalelúcha selá, Ashrê haam shecácha ló Ashrê haám sheadonai Eloháv. Tehilá ledavid, aromimchá Elohai hamélech, vaavarechá shimchá leolam vaed. Bechol iom avarechêca, vaahalela shimchá leolam vaed. Gadol Adonai umehulál meód, veligdulató ên chéker. Dor ledor ieshabach maassêcha, ugvurotêcha iaguídu. Hadar kevod hodêcha, edivrê nifleotêcha assícha. Veezúz nor’otêcha iomêru, ugdulatechá assaperêna. Zécher rav tuvchá iabíu, vetsidcatechá ieranênu. Chanún verachún Adonai, érech apáyim uguedól chássed. Tov Adonai lacól, verachámav al col maassáv. Iodúcha Adonai col maassêcha, vachassidêcha ievarechúcha. Kevód malchutechá iomêru, uguevuratechá iedabêru. Lehodía livenê haadam guevurotav, uchevod hadar malchutó. Malchutechá malchut cól olamim, umemshaltechá bechol dor vador. Somêch Adonai lechol hanofelim, vezokef lechol hakefufim. Enê chol elêcha iessabêru, veata notên lahém et ochlám beitó. Potêach et iadêcha, umasbía lechol chái ratsón. Tsadic Adonai bechol deráchav, vechassid bechol maasáv. Caróv Adonai lechol cor’áv, lechol asher yicraúhu veemét. Retson iereáv iaassé, veet shav’atam yishmá veioshiem. Shomer Adonai et col ohaváv, veet col hareshaim iashmid. Tehilat Adonai iedaber pi, vivarêch col bassar shem codshó leolam vaed. Vaanáchnum nevarech Ia, meatá vead olam haleluiá!


Ashrê 

"Bem aventurado os que vivem em tua casa, pois estarão Te louvando continuamente. Bem aventurado o povo que assim O tem. Bem aventurado o povo cujo D'us é o Eterno."
Salmo 145 - Hino laudatório de David. Exaltar-Te-ei, meu Deus e meu Rei, e bendirei sempre Teu Nome. Sim, Louvar-Te-ei a cada dia, e Teu Nome hei de eternamente abençoar. Grande é Adonai e digno de todos os louvores, pois incomensurável é Sua grandeza. Cada geração transmitirá à seguinte o louvor de Tuas obras, e narrará a grandeza de Teus poderosos feitos. Meus pensamentos se voltarão para o esplendor de Tua Majestade, e sobre as maravilhas de Tuas realizações, falarei sempre. Sobre Teu poder temível e sobre a abundância de Tua generosidade não deixarei de me pronunciar, e sobre Tua permanente retidão cantarei exultante. Piedoso e pleno de bondade é Adonai, tardio em irar-Se, e sempre pronto a ser generoso. Ele é bom para com todos e o manifesta através de todos os Seus feitos. Hão de agradecer-Te todos os frutos de Tua criação, e abençoar-Te todos os que Te são devotados. Sobre Teu reinado de glória falarão e sobre Teu Poder narrarão, para dar a conhecer a todos os seres humanos Teus atos poderosos e o glorioso esplendor de Teu reino, pois ele se mantém por toda a eternidade e sobre todas as gerações manifesta Seu domínio. Adonai reergue todos os caídos, e dá apoio a todos os abatidos. Os olhos de todos se voltam para Ti com esperança, e o alimento de que precisam lhes proporciona no tempo apropriado. Abres Tuas mão e satisfazes os anseios de todos os seres.
Justos são todos os caminhos de Adonai e repletos de magnanimidade todos os Seus atos. Está sempre próximo dos que O invocam, dos que por Ele clamam com sinceridade. Atenderá o desejo dos que O temem; seu clamor há de escutar e lhes trará a salvação. Ele protege aos que O amam, mas certamente destruirá os malévolos. Que proclame minha boca o louvor do Eterno, e bendiga toda criatura Seu santo Nome por todo o sempre!

Amida

A Amidá (Grande Oração ou Shemone-esrê) é lida de pé, em posição de sentido e em silêncio absoluta, tal qual orou a mãe do profeta Samuel e foi atendida (“...Chaná, assim falava no seu coração, tão somente se moviam os seus lábios, porém não ouvia-se sua voz...”).

Adonai, sefatái tiftách ufi iaguíd tehilatêcha.

 Adonai! Abre os meus lábios e a minha boca proferirá o Teu louvor.

1. Bênção Avot (dos Patriarcas)

Baruch ata Adonai, Elohênu velohê avotênu, Elohê Avraham, Elohê Yitschac, velohê Iaacov, hael hagadol haguibor vehanora, El elion, gomel chassadím tovím, veconê hacól, vezochêr chasdê avot, umeví goel livnê venehêm lemaan shemó beahavá.

 Entre Rosh Hashaná e Iom Kipur acrescenta-se:

Zochrênu lechayim, melech chafets bachayim, vechotvênu bessefer hachayim, lemaanchá Elohim chayim.
Melech ozêr umoshía umaguên. Baruch ata Adonai, maguen Avraham.


Bendito sejas Tu, Adonai, nosso D’us e D’us de nossos pais, D’us de Abraão, D’us de Issac e D’us de Jacob; o Grande, o Poderoso e Temido D’us. Altíssimo D’us que concede boas mercês, que possui tudo e recorda a piedade dos patriarcas, e que com grande amor fará vir um Redentor aos descendentes desses patriarcas, por amor do Seu Nome.

 Zochrênu

Lembra-Te de nós para a vida, ó Rei que amas tudo o que tem vida, e inscreve-nos no livro da vida pelo amor de Ti mesmo, que és o D’us da vida.


Melech 

Ó Rei, Auxiliador, Salvador e Escudo! Bendito sejas Tu, Adonai, Escudo de Abraão.


2. Bênção Guevurót (do Todo-Poderoso)


Ata guibór leolam Adonai, mechaiê metim atá, rav lehoshía.


No verão: Morid hatal.
No inverno: Mashív harúach umoríd haguéshem.


Mechalkêl chayim bechéssed, mechaiê metím berachamim rabím, somech noflím, verofê cholim, umatir assurim, umecaiêm emunató lishnê afár, mi chamôcha baal guevurót umi dome lach, melech memit umechaiê umatsmiach ieshuá.


Entre Rosh Hashaná e Iom Kipur acrescenta-se:

Mi chamôcha av harachaman, zocher ietsurav lechayim berachamim.

Veneeman ata lehachaiót metim. Baruch ata Adonai, mechaiê hametim.


Tu, Adonai, és Poderoso para sempre; és Tu que ressuscitas os mortos e és Potente em salvar.

No verão: Tu fazes cair o orvalho.

No inverno: Tu fazes soprar o vento e cair a chuva.



Mechalkêl 

Tu sustentas a vida com misericórdia, ressuscitas os mortos com grande piedade, amparas os caídos e saras os doentes; afrouxas as ataduras dos que estão em grilhões e confirmas a Tua fidelidade aos que dormem no pó. Quem é como Tu és, Adonai, de poderosos atos? Ou quem pode ser comparado a Ti? Rei,que tiras e restituis a vida, e que fazes florescer a salvação?

Mi chamôcha – Quem pode ser comparado a Ti, ó Pai misericordioso? Tu te lembras das Tuas criaturas e as fazes viver pela Tua misericórdia.

Veneeman

E tu és fiel para ressuscitar os mortos. Bendito sejas Tu, Adonai, que ressuscitas os mortos.

3. Bênção Kedushát haShem (da Santificação de D’us)

Ata cadosh veshimchá cadosh, ukedoshim bechol iom iehalelucha sêla, ki El melech gadol vecadosh atá. Baruch atá Adonai, hael hacadosh. /Entre Rosh Hashaná e
Iom Kipur substitui-se a finalização da benção por: Hamélech Hacadosh


Nacdishách venaaritsách kenôam síach sód sarfê codesh, hameshaleshim lechá kedushá cacatuv al iad neviêcha, vecará Zé el Zé veamar: Cadosh, cadosh, cadosh Adonai Tsevaôt, melo chol haárets kevodo.
Leumatam meshabechim veomrim. Baruch kevod Adonai mimecomó. Uvedivrê codshechá catuv lemor:

Yimlóch Adonai leolam, Eloháyich Tsion ledor vador, haleluiá.

Tu és Santo, o Teu Nome é santo e os santos Te glorificam todos os dias. Pois Tu és D’us, Rei Grande e Santo.

Bendito sejas Tu, Eterno, D’us Santo. (Entre Rosh Hashaná e Iom Kipur: Rei Santo)

Nacdishách

Nós Te santificamos e reverenciaremos com tom harmonioso, como aquele usado na assembléia dos santos Serafim, que três vezes proclamam a Tua santidade, porque assim está escrito pela mão do Teu profeta: “E chama um ao outro e diz”: “Santo, Santo, Santo é o Eterno dos exércitos. Toda a terra está cheia da Sua Glória”. E frente a eles louvam e dizem: “Bendita é a glória do Adonai na Sua mansão”. E nas Tuas palavras santas, está escrito, dizendo: “Adonai reinará para sempre; Teu D’us, ó Tsion, para todas as gerações. Haleluiá!”


4. Bênção Dáat (da Sabedoria)


Ata chônen leadam dáat umelamed leenosh biná. Chonênu meitechá chochmá biná vadáat. Baruch ata Adonnai, chonên hadáat.


Tu dotas o homem com sabedoria e instruis aos mortais a compreensão; concede-nos o teu dom da inteligência, da compreensão e da sabedoria. Bendito sejas tu, Adonai, Dotador da sabedoria.


5. Bênção Teshuvá (do Arrependimento)


Hashivênu avinu letoratêcha, vecarvênu malkênu laavodatêcha, vehachazirênnu biteshuvá shelema lefanêcha.

Baruch ata Adonai, harotse biteshuvá.


Reconduzi-nos à Tua lei, ó nosso Pai, retoma-nos ao Teu serviço, ó nosso Rei, e faça com que regressemos com sincero arrependimento para ti. Bendito sejas Tu, Adonai, que te comprazes com o arrependimento.


6. Bênção Selach (do Perdão)


Selach lanú avinu ki chatánu, mechal lanú malkênu ki fashánu, ki El tov vessalach áta. Baruch ata Adonai, chanun hamarbê lislôach.


Perdoa-nos, ó nosso Pai, pois pecamos; perdoa-nos, ó nosso Pai, pois transgredimos; porque tu és um D’us bom e clemente. Bendito sejas Tu, Adonai, ó Misericordioso, que perdoas abundantemente.


7. Bênção Gueulá (da redenção)

Reê na veoniyênu, verivá rivênu, uguealênu gueulá shelema mehera lemaan shemêcha, ki El goêl chazac áta. Baruch ata Adonai, goêl Yisrael.


Vê, rogamos, a nossa aflição e toma a nossa defesa; redime-nos depressa com uma perfeita redenção, por amor ao Teu Nome, porque Tu és um D’us libertador e poderoso. Bendito sejas Tu, Adonai, Redentor de Israel.


8. Bênção Refuá (da Cura)

Refaênu Adonai venerafê, hoshienu venivashêa, ki tehilatênu áta, vehaale aruchá urefuá shelema lechol macotênu, ki El melech rofê neeman verachaman áta. Baruch ata Adonai, rofê cholê amo Yisrael.


Cura-nos, Adonai, e seremos curados; socorre-nos e seremos socorridos, pois que Tu és objeto de nossos louvores. Restaura a nossa saúde e concede-nos uma perfeita cura a todas as nossas feridas, pois Tu és D’us, Rei, Médico fiel e misericordioso. Bendito sejas Tu, Adonai, que curas os doentes do Teu povo Israel.



9. Bênção hashanim (do sustento)

Barêch alenu Adonai Elohênu et hashana hazot veet cool mine tevuata letova, veten

No verão: berachá
No inverno: tal umatar livrachá


al pene haadamá vesabeênu mituvá, uvarech shenatênu cashanim hatovot livrachá, ki El tov umetiv atá umeravech hashanim. Baruch ata Adonai, mecabêts nidchê amo Yisrael.


Abençoa Adonai, nosso D’us, este ano, e todos os produtos da colheita. Faz cair
No verão: benção
No inverno:
Orvalho e chuva de benção sobre a terra e traz fartura pela tua bondade. Abençoa o nosso ano como todos os outros anos abençoados, pois Tu és D’us da bondade e benfazejo, que abençoas os anos. Bendito sejas Tu, Adonai, que abençoas os anos.

10. Bênção Kibuts-galuiót (da Reunião da Diáspora)

Tecá beshofar gadol Iecherutênu, vessá nes lecabets galuiotênu, vecabetsênu iáchad mehera mearba canfot haárets leartsênu. Baruch ata Adonai, mecabêts nidchê amo Yisrael.

Faze soar o grande shofar para nossa liberdade e ergue o estandarte para juntar os nossos dispersados, e reúne-nos logo, a todos, dos quatro cantos do mundo, para a nossa terra. Bendito sejas Tu, Adonai, que reúnes os dispersos do Teu povo Israel.

11. Bênção Hashavat Mishpat (do Retorno à Justiça)

Hashiva shoftênu kevarishona, veioatsênu kevatechila, vehasser mimênu iagon vaanachá, umeloch alenu mehera atá Adonai levadechá bechéssed uverachamim, betsédee uvemishpat. Baruch ata Adonai, melech ohev tsedacá umishpat.

Entre Rosh HaShaná e Iom Kipur substitui-se a finalização por:

HAMÉLECH HAMISHPAT.


Restitui os nossos juízes como outrora, e os nossos conselheiros como nos primeiros tempos. Tira de nós a aflição e a tristeza, e reina sobre nós, depressa, somente Tu, ó Adonai, com graça e com misericórdia, com caridade e com justiça. Bendito sejas Tu, Adonai, ó Reim que amas a caridade e a justiça./ Entre Rosh HaShaná e Iom Kipur: ó Rei da Justiça.


12. Bênção Haminim (A Benção dos Hereges)

Velamalshinim al tehi ticvá, vecholhaminim keréga iovedu, vechol oievê amechá meherá yicarêtu, vehazedim mehera teaker uteshaber utegmalem utechalem vetashipilem vetachniem bimehera veiamenu. Baruch ata Adonai, shover oivim umachnía zedim.

12. Bênção contra os hereges
Que para os caluniadores não haja esperanç, que os hereges sejam prontamente aniquilados, e que os inimigos do teu povo sejam depressa extirpados. E os malvados - depressa destroça-os, quebra-os, oprome-os, abate-os, humilha-os e domina-os. Bendito sejas Tu, Eterno, que quebras os inimigos e domina os malvados.

 

13. Bênção Al hatsadikim (dos Justos)

Al hatsadikim veal hachassidim, veal ziknê sheerit amechá bet Ysrael, veal peletat bet sofrehem, veal guerê hatsédec vealênu, iehemu na rachamêcha Adonai elohênu, veten sachar tov lechol habotchim beshimchá beemet, vessim chelkênu imahem uleolam lo nevosh ki vecha vatáchnu veal chasdechá hagadol beemet nish’ánu. Baruch ata Adonai, mish’na umivtach latsadikim.


Sobre os justos e sobre os piedosos; sobre os anciãos dos remanescentes do Teu povo Israel e sobre o restante de seus sábios; sobre os prosélitos verdadeiros e sobre nós, desperta a Tua misericórdia, ó Adonai, nosso D’us! Concede boa recompensa a todos que verdadeiramente confiam em Teu nome; faze-nos compartilhar com eles, e que não sejamos nunca humilhados, pois em Ti confiamos e na Tua magna misericórdia apoiamo-nos verdadeiramente. Bendito sejas Tu, Adonai, que és o amparo e a segurança dos justos.


14. Bênção Binian Ierushaláyim (da Reconstrução de Jerusalém)

Velirushaláyim irchá berachamim tashuv, vetishcon betocha caasher dibarta, uvene ota becarov beiamênu binian olam, vechissê David avdechá mehera letocha tachin. Baruch ata adonai, boné Ierushaláyim.


E a Jerusalém, Tua cidade, retorna com misericórdia, e pousa nela a Tua glória, como disseste. Reconstrói-a, prontamente em nossos dias, em construção eterna, e o trono de David, Teu servo, restabelece depressa nela.

Bendito sejas Tu, Adonai, que reconstróis Jerusalém.



15. Bênção Machiach bem David (do Messias, filho de David)

Et tsêmach David avdechá mehera tatsmíach, vecarno tarum bishuatêcha, ki lishuatechá kivínu col haiom. Baruch ata Adonai, matsmíach kéren ieshuá.


Faze brotar depressa o rebento de David, Teu servo, e exalça o seu poder pela Tua salvação; porque é pela Tua salvação que ansiamos todos os dias. Bendito sejas Tu, Adonai, que fazes brotar o poder da salvação.


16. Bênção Shomêa Tefilá (“Ouves as Orações”)

Av harachaman, shema colênu Adonai Elohênu, chus verachem alenu, vecabel berachamim uveratson et tefilatênu, ki El shomêa tefilot vetachanunim atá, umilefanêcha malkênu recám al teshivênu, chonênu vaanênu ushema tefilatênu, ki ata shomêa tefilat col pê. Baruch ata Adonai, shomêa tefila.


Pai misericordioso, ouve a nossa voz, ó Adonai, nosso D’us! Poupa-nos, tem piedade de nós e recebe nossas orações com misericórdia e boa vontade; porque Tu és D’us, que ouves todas as orações e súplicas, e de Tua Presença, ó nosso rei, não nos deixa voltar desprovidos. Concede-nos a tua graça, atende-nos e ouve nossas orações, pois Tu ouves as orações de todas as bocas. Bendito sejas Tu, Adonai, que ouves as orações.

17. Bênção Avodá (do Serviço)

Retsê Adonai Elohênu beamechá Yisrael velitefilatam sheê, vehashev et haavoda lidevir betêcha, veishê Yisrael utefilatam mehera beahavá tecabel beratsón, utehí leratsón tamid avodat Yisrael amêcha.


Ó Adonai, nosso D’us, que Teu povo Israel seja aceitável perante Ti e recebe as Suas preces. Restaura o serviço no palácio de Tua casa, a fim de que as oferendas queimadas de Israel e suas preces possam ser rapidamente aceitas por Ti, com amor e favor; e o serviço religioso de Teu povo Israel seja sempre aceitável perante Ti.


18. Bênção Hodaá (de Louvor)

Modim anáchu lach shaatá hu Adonai Elohênu velohê avotênu leolam vaed, tsur chaiênu, maguên yish’ênu ata hu ledor vador. Node lechá unessaper tehilatêcha al chaiênu hamessurím beiadêcha. Veal nishmotênu hapecudót lach, veal nissêcha shebechol iom imánu, veal nifleotêcha vetovotêcha shebechol iom imánu, veal nifleotêcha vetovotêcha shebechol et, erev vavóker vetsahorayim. Hatov ki lo chálu rachamêcha vehamerachem ki lo támu chassadêcha, ki meolám kivínu lach. Veal culam yibarach veyitromám veyitnassê shimchá malkenú tamid leolam vaed.

Entre Rosh HaShaná e Iom Kipur acrescenta-se: Uchtov lechayim tovim col benê beritêcha. Vechol hachayim iodúcha sêla, vihalelú vivarechú et shimchá hagadol beemét leolam ki tov, hael ieshuatênu veezratênu sela, hael hatov. Baruch ata Adonai, hatov shimchá ulechá naê lehodot.


Nós reconhecemos humildemente que Tu és Adonai, nosso D’us, e o D’us de nossos pais, agora e sempre. Tu és o Rochedo da nossa vida, o Escudo da nossa salvação de geração em geração. Nós Te agradecemos e entoamos os teus louvores, pela nossa vida que está em Tuas mãso e nossa alma que Tu preservas, pelos milagres que fazes diariamente em nosso favor, as maravilhas de que nos cercas e as bondades que nos ntestemunhas a toda hora, de manhã, ao meio dia e à noite. D’us de bondade, a Tua misericórdia é infinita, as Tuas graças não se esgotam nunca, a nossa esperança será eternamente em Ti. E por todas estas coisas seja o teu Nome abençoado constantemente e exalçado e enaltecido, ó Rei nosso, para todo o sempre.

Entre Rosh HaShaná e Iom Kipur acrescenta-se: Inscreve para uma vida de felicidade todos os filhos da Tua aliança. Que todos os seres vivos Te rendam ações de graças, e seja o teu grande Nome verdadeiramente louvado e abençoado para sempre porque é bom o D’us de nossa salvação e de nossa ajuda, ó D’us de bondade. Bendito sejas Tu, Adonai, porque Bondade é o Teu Nome, e a Ti são devidas as ações de graças.

19. Bênção Shalom (da Paz)

Sim shalom tová uverachá chayim chén vachéssed verachamim, alenu veal cól Yisrael amêcha. Barechênu avinu culánu keechad beór panêcha, ki véor panêcha natáta lánu Adonai elohênu torat chayim veahavat chéssed, utsedacá uverachá verachamim cechayim veshalom. Vetov yihiê beenêcha levarchênu ulevarech et col amechá Yisrael bechol et uvechol shaá bishlomêcha.


Entre Rosh HaShaná e Iom Kipur acrescenta-se:
Bessêfer chayim, berachá veshalom, ufarnassá tová, uguezerót tovót, ieshuót venechamot, nizacher venicatev lefanêcha, anáchu vechól amechá bet Yisrael, lechayim tovím uleshalom. Baruch ata Adonai, hamevarech et amo Yisrael bashalom. Yihiu leratsón imrê fi veheguión libí lefanêcha. Adonai tsurí vegoalí.


Faze recair uma grande paz, bem-estar e bênção, vida, graça e misericórdia sobre nós e sobre todo o teu povo Israel, e abençoa-nos a todos conjuntamente com a Luz da Tua Presença; porque com o fulgor dessa mesma Presença deste-nos, Adonai, D’us nosso, leis para a vida e amor benevolente, justiça e misericórdia, bênção e paz; e seja agradável a Teus olhos abençoar-nos e abençoar o Teu povo Israel em todo o tempo e em todos os lugares, as bênçãos da Tua paz.

Entre Rosh HaShaná e Iom Kipur acrescenta-se:

Possamos nós e toda a casa de Israel ser mencionados e inscritos no livro da vida, da bênção, da paz, da prosperidade, da salvação, do consolo e das boas sentenças, e sejamos lembrados e inscritos perante Ti, nós e todo Teu povo Israel, para gozar uma vida feliz e tranqüila. Bendito sejas Tu, Adonai, que abençoas Teu povo Israel com paz. Que as palavras da minha boca e as meditações do meu coração Te sejam agradáveis, o Adonai, meu Protetor e meu Redentor.


Oração de Mar, filho de Ravina

Elohai, netsór leshoni mera ussefatai midaber mirmá, velimcalelái nafshí tidôm, venafshi keafar lacól tihiê. Petach libí betoratêcha, veacharê mitsvotêcha tirdóf nafshí. Vechol hacamim vehachoshvim alai raá, meherá hafer atsatám vecalkel machashavtam. Asse lemaan shemêcha, asse lemaan ieminêcha, asse iemaan toratêcha, asse lemaan kedushatêcha. Lemaan iechaltsûn iedidêcha hoshía ieminchá vaanêni. Yihiú leratsón imrê fi veheguíon libí lefanêcha, Adonai tsurí vegoalí.


Meu D’us, preserva minha língua de calúnias e os meus lábios de duplicidade.Faze que a minha alma fique calma em presença dos malévolos e em todas as ocasiões seja ela humilde como o pó. Que o meu coração ame a tua Lei e minha alma seja sedenta de Teus mandamentos. Aniquila os projetos daqueles que me querem mal e destrói os seus desígnios. Atende-me por amor ao Teu nome, por amor à Tua Destra, por amor a Tua Lei, por amor à Tua Santidade e para que se regozijem os Teus amados. Que as palavras da minha boca e as meditações do meu coração Te sejam agradáveis, ó Adonai, meu Protetor e meu Redentor.



Ossê Shalom


OSSÊ SHALOM SHALOM/ Entre Rosh HaShaná e Iom Kipur: Hashalom/ BIM’ROMAV, HÚ IAASSÊ SHALOM ALÊNU VEAL CÓL YISRAEL, VEIMRÚ AMÉN.

Iehí ratsón milefanêcha Adonai Elohênu velohê avotênu, sheyibanê bêt hamicdásh bimeherá veimênu, veten chelkênu betoratêcha. Vearvá ladonai michat Iehudá virushalayim kimê olam ucheshaním cadmoniót.


AQUELE QUE FIRMA A PAZ NAS ALTURAS, COM SUA MISERICÓRDIA, CONCEDA A PAZ SOBRE NÓS E SOBRE TODO O SEU POVO ISRAEL; E DIZEI AMEN.



Seja do Teu agrado, Eterno, nosso D’us e D’us de nossos pais, que edifiques o Santuário, brevemente, em nossos dias, e nos faça participar da Tua Lei. E lá servir-Te-emos com temor, como nos antigos dias e como nos anos passados. Que as oferendas de Judá e de Jerusalém sejam agradáveis ao Eterno, como nos antigos dias e como nos anos passados.

(Fim da Amidá)


Alênu

Alênu leshabêach laadon hacól, latêt guedulá leiotsêr bereshit, sheló assánu kegoiê haaratsót, velo samánu kemishpechót haadamá, shelo sam chelkênu hahêm vegoralênu kechol hamonam. VAANÁCHNU COR’IM UMISHTACHAVIM UMODIM LIFNÊ MÉLECH MALCHÊ HAMELACHIM HACADOSH BARUCH HÚ.
Shehú note shamayim veiossed árets, umoshav iecaró bashamayim mimaal, ushechinat uzó begovehê meromim. Hu Elohênu, ên od. Emét malkênu, éfes zulató, cacatuv betorato, veiadata haiom vaashevota el levavêcha, ki Adonai hu haelohim bashamayim mimaal veal haarets mitáchat, ên ód.
Veal ken necavê lecha Adonai Elohênu lir’ót meherá betif’éret uzêcha, lehaavir guilulim min haarets, vehalilim carot iecaretun, letakên olam bemalchút Shadai. Vechol benê vassar icreú vishmêcha lehafnot elêcha col rish’ê arets. Iakíru veiedeú col ioshvê tevel, ki lechá tichrá col bérech, tishavá col lashon. Lefanêcha Adonai Elohênu ichréu veipôlu, velichvod simchá iecar itênu, vicabelú chulam et ol malchutêcha, vetimloch alehém meherá leolam vaed. Ki hamalchut shelchá hi uleolmê ad timloch bechavod cacatuv beoratêcha, Adonai yimlóch leolam vaed. VENEEMAR, VEHAIA ADONAI LEMÉLECH AL COL HAÁRETS, BAIOM HAHÚ YIHIE ADONAI ECHAD USHEMÓ ECHAD.


É do nosso dever louvar ao Senhor de tudo, atribuir grandeza Àquele que formou o mundo desde o seu princípio; que não nos fez como as gentes de outros países e não nos estabeleceu como as outras famílias da terra; que não pôs a nossa parte como eles nem a nossa sorte como todas as suas multidões. MAS NÓS NOS INCLINAMOS, PROSTAMOS E LOUVAMOS DIANTE DO REI DOS REIS, O SANTO, BENDITO SEJA ELE, que expandiu os céus e estabeleceu os fundamentos da terra e cujo precioso trono se firma nas alturas e a Divina Majestade do sue poder está estabelecida nos mais altos céus. Ele é nosso D’us e não outro. Em verdade, Ele é o nosso Rei e não temos outro além Dele, pois assim foi escrito na Torá: “Sabe, pois, hoje e reflete no teu coração, que Adonai é D’us em cima nos céus e em baixo na terra, nenhum outro há”. Portanto, esperamos, Adonai, D’us nosso, ver em breve a Majestade da Tua onipotência fazer desaparecer todas as impurezas da terra e aniquilar todos os ídolos. Com a vinda do Teu reino, Adonai, o mundo será aperfeiçoado. Todos os mortais invocarão o Teu Nome, e todos os maus, regenerados regressarão para junto de Ti. Todos os habitantes da terra saberão que todo o joelho deve fletir-se diante de Ti, e que toda língua Te deve invocar e perante Ti Adonai, D’us nosso, eles se curvarão e prostarão, e pela glória de Teu Nome, submeter-se-ão todos ao jugo de Teu reino, e em breve reconhecer-Te-ão como Seu Adonai, para sempre. Porque a realeza Te pertence, e Tu reinarás eternamente com glória, assim como está escrito em Tua Torá: “O Eterno reinará para sempre”. E ESTÁ ESCRITO: ADONAI SERÁ RECONHECIDO REI DE TODA A TERRA, E NESTE DIA ADONAI SERÁ UM E O SEU NOME UM.

5 comentários:

  1. E a leitura do sacrifício da tarde e o pitum ha ketoret?

    ResponderExcluir
  2. Baruch Hashem, que Ele ti abençoe ricamente por esta tzedaka,precisei fãzer a mincha pois não voltei para casa a tarde e estava sem meu sidur. B'H.

    ResponderExcluir
  3. Baruch Hashem, que Ele ti abençoe ricamente por esta tzedaka,precisei fãzer a mincha pois não voltei para casa a tarde e estava sem meu sidur. B'H.

    ResponderExcluir

Todo comentário será previamente avaliado antes do mesmo ser publicado.
Favor assinar com o seu endereço de email.
Obrigado.