Sobrenomes e apelidos dos Cristãos Novos

Fontes do MyHeritage


"Muitos de nossos usuários nos escrevem a procura do significado de seus sobrenomes, e alguns ainda, nos reportam que suas árvores chegam até um determinado ponto e o sobrenome ou apelido simplesmente, desapareceu no tempo. 


Muitas são as razões para que isto aconteça, mas na grande maioria, existe uma explicação histórica que só precisa de um pouquinho de paciência e boa leitura e muita pesquisa para resolver este problema. 


Hoje vamos começar com uma passagem da história, ocorrida em Portugal e Espanha, lá pelos idos anos de 1492, quando o Rei Fernando II de Aragão e a rainha Isabel I de Castela, expulsaram os judeus da Espanha. Este povo, quase 60 mil deles, se instalou então em Portugal e durante o reinado de D. João I, que viu nestes foragidos a possibilidade de agregar valores financeiros e intelectuais para Portugal, foram bem aceitos e prosperaram, dando ao reino e a sociedade uma grande contribuição em áreas do conhecimento que até então era pouco ativa ou até mesmo inexistente na sociedade portuguesa. Talentosos em comércio de capitais, ciência, medicina, farmácia, artesanato, ourivesaria, sapataria, alfaiataria e tecelagem foram ocupando espaço e formando comunidades cada vez mais fortes que democraticamente conviviam com a realeza. 


Juntamente com os mouros, que eram muçulmanos, os judeus iam cada vez mais tendo as suas comunidades e se expandindo, com a formação de bairros, vilas e locais próprios, onde sua cultura, língua e religião podiam serem mantidas independente do resto do reino e Portugal. 


Esta boa convivência ruiu quando veio a falecer D. João I e assumiu o trono D. Manuel, que por aliança com o reino de Espanha, pelo seu matrimônio com a infanta Isabel de Aragão, determinou por força de decreto que todos os judeus e mouros, se convertessem ao catolicismo, forçando a saída do país de judeus e mouros que não adotassem a religião cristã, mas, foi uma medida econômica atrapalhada que foi corrigida em 1497 com a proibição da saída destes judeus do país, evitando assim a fuga dos Bens de Capital do país. Nesta época, muitos judeus e mouros, adotaram a Lei e ao aderirem "disfarçadamente" ao catolicismo, mudaram seus sobrenomes ou apelidos para se esconderem, e usaram na maioria das vezes, animais, plantas para constituírem seus novos apelidos ou sobrenomes, assim, o termo Cristão Novo foi criado. 


Isto só não bastou para que na Páscoa de 1506, uma revolta popular liderada por monges beneditinos, levasse a morte centenas destes Novos Cristãos no que foi chamado de Massacre de Lisboa, acentuando consideravelmente o clima de anti-semistimo em Portugal. 


Somente em 1773, é que uma nova lei, revogava os decretos de D. Manuel, e foi chamada de Restauração, excluindo a obrigatoriedade de se adotar nomes não judeus para os descendentes de judeus, assim, muitos sobrenomes que hoje conhecemos são desta época, desta parte da história. 


Muitos Judeus desta época também são chamados de Convertidos. 


Alguns sobrenomes/apelidos criados com estes acontecimentos estão relacionados abaixo, mas, se o seu sobrenome ou apelido se encontra entre eles, não necessariamente você é um descendente de judeu ou de um convertido, mas existe uma grande possibilidade de que tanto em Portugal quanto no Brasil, pode ser que sua ascendência tenha uma relação que só pode ser desvendada com a sua genealogia, portanto, ninguém precisa sair por ai se dizendo mouro ou judeu sem que a pesquisa genealógica comprove a relação de parentesco com estas famílias do século XV."

A
Abreu, Abrunhosa, Affonseca, Affonso,Aguiar,Ayres,Alam,Alhertú, Albuquerque, AlÍaro, Almeida, Alonso, Alvade, Alvarado, Alvarenga, Alvares, Aivarez, Anelos, Alveres, Alves, Aivim, Alvorada, Alvres, Amado, Amaral, Andrada, Andrade, Anta, Antônio, Antunes, Arailjo, Araújo, Arrahaça,Arroyo, Arroja, Aspalhão, Assumpção, Athayde, Avila, Avis, Azeda, Azeitado, Azeredo, Azevedo.

B
Bacelar, Balão, Baihoa, Balíeyro, Balteiro, Bandes, Baptista, Barata, Barbalha, Barhosa, Barhoza, Bareda, Barrajas, Barreira, Barreta, Barreto, Barros, Bastos, Bautista, Batista, Beirão, Belinque, Belmonte, Bello, Bentes, Bernal, Bernardes, Bezerra, Bicudo, Bispo, Bivar, Bocarro, Boned, Bonsucesso, Borges, Borralho, Botelho, Bragança, Brandão, Bravo, Brites, Brito, Brum, Bueno, Bulhão..

C
Cáceres, Caetano, Calassa, Caldas, Caldeira, Caldeyrão, Callado, Camacho, Câmara, Camejo, Caminha, Campo, Campos, Candeas, Capote, Cárceres, Cardoso, Cardozo, Carlos, Carneiro, Carrança, Carnide, Carreira, Carrilho, Carrollo, Carvalho, Casado, Casqueiro, Cásseres, Castanheda, Castanho, Castelo, Castelo Branco, Castelhano, Castilho, Castro, Cazado, Cazales, Ceya, Cespedes, Chacla, Chacon, Chaves, Chito, Cid, Cobilhos, Coché, Coelho, Collaço, Contreíras, Cordeiro, Corgenaga, Coronel, Corrêa, Cortei., Comjo, Costa, Coutinho, Couto, Covilhã, Crasto, Cruz, Cunha..

D
Damas, Daniel, Datto, Delgado, Devei, Diamante, Dias, Diniz, Dionísio, Dique, Déria, Dona, Dourado, Drago, Duarte, Duraes.

E
Eliate, Escobar, Espadilha, Espinhoza, Espinoza, Esteves, Évora.

F
Faro, Farto, Fatexa, Febos, Feijão, Feijó, Fernandes, Ferrão, Ferraz, Ferreira, Ferro, Fialho, Fidalgo, Figueira, Figueiredo, Figueiró, Figueiroa, Flores, Fogaça, Fonseca, Fontes, Forro, Fraga, Fragozo, França, Frances, Francisco, Franco, Freire, Freitas, Froes, Frois, Furtado.

G
Galeno, Gallo, Galvão, Gama, Gamboa, Gançoso, Ganso, Garcia, Gasto, Gavilão, Gil, Godirtho, Godins,Goes, Gomes, Gonçalves, Gouvea, Gracia, Gradis, Gramacho, Guadalupe, Guedes, Gueybara, Gueyros, Guerra, Guerreiro, Gusniao, Guterres.

H
Henriques, Homem.

I
Idanha, Iscol, Isidro

J
Jordâo, Jorge, Jnbim, Julião

L
Lafaia, Lago, Laguna, Lmy, Lara, Lassa, Leal, Leão, Ledcsma, Leitão, Leite, Lemos, Lima, Liz, Lobo, Lodesma, Lopes, Loução, Loureiro, Lourenço, Louzada , Louzano, Lucena, Luíz, Lima, Luzarte.

M
Macedo, Machado, Machuca, Madeira, Madureira, Magalhães, Maia, Maioral, Maj, Maldonado, Malheiro, Manem, Manganês, Manhanas, Manoel, Manzona, Marçal, Marques, Martins, Mascarenhas, Mattos, Matoso, Medalha, Meddros, Medina, Melão, Mello, Mendanha, Mendes, Mendonça, Menezes, Mesquita, Mezas, Miffio, Miles, Miranda, Moeda, Mogadouro, Mogo, Molina, Mot,forte, Monguinho, Moniz, Monsanto, Montearroyo, Monteiro, Montes, Montezinhos, Moraes, Morales, Morão, Morato, Moreas, Moreira, Moreno, Motta, Moura, Mouzinho, Munhoz.

N
Nabo, Nagera, Navarro, Negrão, Neves, Nicolao, Nobre, Nogueira, Noronha, Novaes, Mines

O
Oliva, Olivares, Oliveira, Oróbio

P
Pacheco, Paes, Paiva, Palancho, Palhano. Pantoja, Pardo, Paredes, Parra, Páscoa, Passos, Paz, Pedrozo, Pegado,Peinado, Penalvo, Penha, Penso, Penteado, Peralta, Perdigão, Pereira,Peres, Pessoa, Pestana, Picanço, Pilar, Pimentel, Pina, Pineda, Pinhâo,Pinheiro, Pinto, Pires, Pisco, Pissarro, Piteyra, Pizarro, Ponheiro, Ponte, Porto, Pouzado, Prado, Preto, Proença.

Q
Quadros, Quaresma, Queiroz, Quental

R
Rabelo, Rabocha, Raphael, Ramalho, Ramires, Ramos, Rangel, Raposo, Rasquete, Rehello, Rego, Reis, Rezende, Ribeiro, Rios, Robles, Rocha,Rodrigues, Roldão, Romão, Romeiro, Rosário, Rosa, Rosas, Rosado, Ruivo, Ruiz.

S
Sá, Saldanha, Salvador,Samora, Sampaio, Samuda, Sanches, Sandoval, Santarém, Santiago, Santos, Saraiva, Sarilho, Saro, Sarzedas, Seixas, Sena, Semedo, Sequeira, Seralvo, Serpa , Serqueira, Serra, Serrano, Serrão, Sorveira, Silva, Silveira, Simão, Simões, Siqueira, Soares, Sodenha, Sodré, Soeyro, Sola, Solis, Sondo, Soutto-Mayor, Souza.

T

Tagarro, Tareu, Tavares, Taveira, Teixeira, Telles, Thomás, Toloza, Torres, Torrones, Tola, Tourinho, Tovar, Trigillos, Trigueiros, Trindad.

U

Uchfla 

V

Valente, Vareja, Vargas, Vasconcellos, Vasques, Vaz Veiga, Velasco, Vellez, Velho, Veloso, Vergueiro, Vianna, Vicente,Viegas,Vieira,Vigo, Vilhalva,Vilhegas, Villena, Villa, Villalão, Villa-Lobos, Villanova, Villar, Villa-Real, Villella, Vizeu.

X

Xavier, Ximenes.

Z

Zuriaga

5 comentários:

  1. Gostaria que pessoas que tem nomes e sobrenomes,e desconhecem a origem de suas famílias,que procurem saber qual o verdadeiro significado de seu nome,e sobrenome seu e de seus familiares.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria muito de saber se a família Jatobá é de origem judaica.

    ResponderExcluir
  3. Na lista o sobrenome da minha família está lá, (Lima,Fernandes, Bezarra) Lima e Bezerra são maternos Fernandes Paterno, mas não sei da origem da minha família...

    ResponderExcluir
  4. Na lista o sobrenome da minha família está lá, (Lima,Fernandes, Bezarra) Lima e Bezerra são maternos Fernandes Paterno, mas não sei da origem da minha família...

    ResponderExcluir
  5. Eu sou da família Falcão de Melo, meus bisavós eram judeus do Estado de Pernambuco mas abdicaram da religião. Tanto eu quanto meus primos, pai e tios, temos os traços muitos fortes. Apesar de não praticarmos o judaísmo, os costumes e até a cultura judaica foram bem doutrinados em casa. Nossos nomes também mantiveram parte das raizes, por exemplo eu me chamo Isaac, minha irmã Thalita, meu primo Nehemias e outro primo Baruch e por aí vai. É um pouco dificil retomar as raízes, mas é possível uma conversão. Em todo caso, para aqueles que possuem sangue judeu, tenham orgulho e mantenham-se retos e abençoado seja o Senhor de Israel.

    ResponderExcluir

Todo comentário será previamente avaliado antes do mesmo ser publicado.
Favor assinar com o seu endereço de email.
Obrigado.