Sobre a Família Oliveira e suas Origens Judaicas


Sim, a família Oliveira é de origem judaica. Abaixo transcrevo um texto que você pode encontrar aqui mesmo no grupo. Neste texto temos alguns detalhes sobre a origem desta família. 
“Benveniste”, que adquiriu durante o domínio muçulmano, mas antes dos islamitas conquistarem a península Ibérica ela era chamada de “ha-Levi” ou de “ha-Itshari”, por ter sido esse o nome do fundador da mesma. 
Os demais Benveniste que se estabeleceram em Portugal, com a introdução da Inquisição adotaram forma traduzida de seu sobrenome de família par disfarçar sua origem judaica, e esse nome traduzido
significa “bem vindo” e se tornou o sobrenome de família “Benvindo”, que ao chegar ao Brasil colonial e ao se estabelecer no Nordeste, se tornou muito numerosa no interior de Pernambuco e Bahia.


E como segundo a historiadora da USP Anita Novinsky – autoridade mundial em Inquisição Portuguesa - 1 em cada 3 portugueses que chegaram no Brasil nas primeiras décadas do após o Descobrimento era cristão novo, os Oliveira e seus primos os Levi ,Levy , Benveniste e Antunes chegaram em grande quantidade se concentrando principalmente na Região Nordeste.
As próprias crônicas da época atestam a presença de famílias Levi, Levy e Oliveira em grande quantidade no Brasil colônia.
O fundador da família Oliveira foi o rabino Rabi Abraham Benveniste que nasceu em 1433, na cidade de Soria, na província de Cáceres, no Reino da Espanha. Ele era descendente direto do Rabi Zerahiá ben-Its’haq ha-Levi e Gerona, que viveu no século 12 e era chamado ha-Its'hari, ou de Itshari, pelo fato de sua genealogia ir ate aos filhos de Its'har, que era tio do profeta Moshe Rabenu.
Esse rabino juntamente com toda sua família fugiu da Espanha antes da publicação do decreto de expulsão dos judeus em 1492. Mas antes disso, como na Espanha, eles viviam na província ou localidade de "Oliva-Cávia' ', já naquela época eles eram chamados Olivares ou Olivarez que significaria inicialmente os que são naturais de Oliva.
Porém cabe ressaltar que essa família levita se estabeleceu nessa localidade intencionalmente, por dois motivos, primeiro por ser interiorana e longe dos grandes centros da Espanha, onde começaram as primeiras matanças de judeus ou pogrons, promovidos por padres católicos fanáticos das ordens dos dominicanos e carmelitas, que incitavam a população cristã velha ignorante a matar os judeus cristãos-novos e os judeus ainda não conversos.
E em segundo, por causa do nome da localidade, que caso começassem o batismo forçados de novo, favorecia com que eles se tornassem cripto judeus ou judeus secretos em um sobrenome que
lembrasse e facilitasse mais tarde o resgate de suas raízes judaicas e a identificação de suas origens. Muitos sobrenomes de judeus sefardim anussim surgiram assim durante época da Inquisição. E como
ocorreu no caso dos “de Oliveira” que era então conhecido como Olivares?
Ocorreu de duas formas, primeiro eles aproveitaram o fato de que na palavra oliveira, está implícito o fonema das letras latinas, cujos sons representavam o som ou fonema do nome de sua família em hebraico Levy no caso L-V-Y. E isso lhes passou a mente pelo fato de que nas línguas semíticas como o hebraico, o aramaico, o árabe e o amarico da Etiópia, não se usarem vogais na forma escrita dessas línguas e sim somente as consoantes.
Foi devido a esses mecanismos linguísticos adotados pelos sefardim e anussim, que muitas famílias judaicas conseguiram escapar dos ataques da Inquisição até pelo menos conseguir fugir da Península Ibérica.
Foi dessa forma, por exemplo, que dentre tantos outros milhares de sobrenomes na língua hebraica que os judeus com sobrenome Cohen, que significa sacerdote conseguiram camuflá-lo como Cunha, os Natan e Ben Natan, também de origem levítica se disfarçaram com o sobrenome Antunes/Antunez, os Ben Moreh que significam filhos do professor, viraram os Moraes e Moreira, os Ben Menashe ou filhos de Manasses ou descendentes da tribo e Manasses viraram os Menezes, os Ben Meir, ou filhos dos iluminados ou dos sábios se disfarçaram com os sobrenomes, Meira/Meireles.
Que os Fares da tribo de Judá, viraram os Farias, que os Ben Soher, que significa filho ou descendente de comerciante ou de guardas, virou Soeiro e Soares/Suarez, que os Ben Nun descendentes de membros da tribo de Efraim se transformou nos Nunes e Nunez, e foi assim também que os Ben Shimon descendentes da tribo de Simeão, com seu numeroso ramo na península Ibérica que incluem até o Ximenes/Ximenez da Galícia, se tornaram os Simões de Portugal.
E que os Guimarim ou estudantes e interpretes da Guemara, tratado religioso judaico, que era  descendente da tribo de Levi, se transformaram na família Guimarães , e foi dessa forma ainda que a antiga família Quirós que é também uma família descendente da tribo de Levy, adotou os sobrenomes Queirós,Queiroz e Queiroga .
E existem muitos outros casos que abordarei no futuro de forma mais resumida.
A segunda razão pela qual os Benveniste ou Ha-Levy adotaram o sobrenomes Olivares/Oliveira, era porque eles também perceberam que como o óleo da santa unção usado par ungir os antigo levitas e sacerdotes judeus, tinha como seu principal componente o azeite ou óleo da planta oliveira, que era abundante na região de Olivacavia.
Isso reforçaria mais ainda a origem judaica sacerdotal , mas disfarçada de seu sobrenome diante dos demais judeus que estavam partindo para a diáspora sefardita , com o decreto de expulsão de 1492.
Já o emprego do sufixo final ES/EZ presente no sobrenome inicial Olivares, era devido ao habito dos judeus sefardim e anussim, empregarem-na como uma sigla adotada pelos judeus  cristãos-novos no final de seu sobrenome com duas finalidades, a primeira identificar de quem a pessoa judia descendia, em substituição da palavra hebraica ben e do aramaico bar, que significam filho de.
Essa sigla EZ/ES significa a expressão hebraica Eretz Yisrael e servia para apontar de que lugara a pessoa judia era para que os judeus pudessem identificar-se entre si sem serem notados pelos braços da Inquisição e dessa forma se ajudassem mutuamente como cripto-judeus, ou judeus secretos.
E como já expliquei anteriormente em outro texto, ele servia para que todos eles que tinham ES ou EZ no sobrenome, sendo filhos de... ou descendentes do povo de Eretz Yisrael, a Terra de Israel, e foi por isso também que os judeus ficaram em parte conhecidos na época da Inquisição como “a gente da nação”. Ou seja, da nação judaica.
E essa Sigla ou fonema ES/EZ que representa a frase Eretz Israel = Terra de Israel, para designar que a pessoa pertence a uma família de origem judaica ou do povo de Israel, convertida a força ao catolicismo durante a época da inquisição, é encontrado com a mesma finalidade tanto nos sobrenomes Perez/Peres/ Pires, como também para designar, por exemplo, a origem judaica dos sobrenomes de família de origem hispânico-portuguesa: Aires/Ayres, Anes/Annes (forma reduzida de Yohanes/Yochnam/ João), Rodrigues, Rodriguez, Hernandez/Fernandes, Henriques/ Henriquez, Mendes/ Mendez, Alves/Alvez, Alvares/Alvarez, Gonçalves/Gonzalez, Martines (de Martins) / Martinez, Galvez/ Galves, Gutierres/Gutierrez, Garcez/ Garcês (que originou o sobrenome Garcia), Ximenes/Ximenez, Soares/Suarez, Simoes/Simeones, Nunes/Nunez, Lopes/Lopez Gomes/Gomez, Marques/Marquez, Paes/Paez (variantes do sobrenome Paz), Meireles, Menezes, Abrantes, Neves, Olivares (que  originou Oliveira), Fontes, Bentes, Tavares, Teles, Torres, Guedes, e assim por diante, são todos estes sobrenomes de famílias cristas-novas.
Com a lei que obrigava o batismo forçado em massa de judeus em Portugal, a família, Olivares/Benveniste /Levy, dividiu-se ao conseguir escapar da Espanha, em três grupos, com nomes distintos, os "Oliva-Cávia”, que depois viraram os "Oliver-Cavia”, os "Del Medico”, porque essa profissão era comum entre eles, e também muito difundida entre os demais judeus, especialmente na idade média na Península Ibérica.
Posteriormente na Itália se tornaram os "dal Medigo" e os Olivete, e os Olivares que ao adentrar em Portugal, trocou o sufixo ES pelo “EIRA”, tornando-se “de Oliveira”.
Após fugir da Espanha o Rabi Zerahiá ha-Levi de Gerona, e estabeleceu no sul da sul da França, de onde seus descendentes, os que se transferiram para a região central espanhola seguiram para Portugal dando origem aos Oliveira de onde por sua vez surgiram os seguintes ramos todos aparentados, além dos que mantiveram o sobrenome Benveniste: 'Oliveira, Oliveyra, Olivares, Olivera, Oliver, Oliveros, Olivetti, Olivette.
Um segundo ramo que se dirigiu da França para a Itália e Europa Oriental originaram os já citados "Del Medico" e "Del Medigo", e ao misturar-se com os judeus asquenazitas deram origem as famílias levíticas Horovitz, Segal, e Epstein.


Quero pedir desculpas aos amigos por não expor aqui as fontes de onde extraímos o material acima postado pois bem aí está:
"Marranos and the Inquisition on the Gold Route in Minas Gerais, Brazil" in The Jews and the Expansion of Europa to the West, 1450-1800" New York/Oxford: Bergham Books, Oxford, 2001, pp. 215-241.
Novinsky, Anita, Prisioneiros Brasileiros na Inquisição, Rio de Janeiro: Expressão e Cultura, 2001.
SALVADOR, J. Gonçalves. Os cristãos-Novos em Minas Gerais durante o Ciclo do Ouro. São Paulo, Pioneira, 1992.
NOVINSKI Anita. Inquisição, Inventários de Bens Confiscados a Cristãos-Novos no Brasil – século XVIII. Lisboa: Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1978, pp.223-224.
Inquisição de Lisboa nº 6.515, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, manuscrito. Veja BROMBERG, Raquel Mizrahi. A Inquisição no Brasil: Um capitão–mór judaisante. São Paulo: Ed. Centro Estudos Judaicos, USP ,1984.
Sobre Manoel Nunes Viana, veja "o Processo de Miguel de Mendonça Valladolid, Inquisição de Lisboa 9.973". Lisboa, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, manuscrito e Manuscritos não catalogados "caixa 676, século XVIII, anos 1703 –1710, 29 janeiro 1710 e caixa 83, ano 1719. Lisboa, Arquivo Histórico e Ultramarino, manuscritos.
Existem ainda outros mas para o que foi postado acima julgo ser suficiente.


 Flávio Rogério Ribeiro de Sá Cohen.


30 comentários:

  1. Obrigada pela matéria esclarecedora e maravilhosa, que me fez chorar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CONTINUANDO...

      5) Por que tem tanto "Silva" no Brasil? - Mundo Estranho
      mundoestranho.abril.com.br/materia/por-que-tem-tanto-silva-no-brasil
      Famoso com esse sobrenome - Daiane dos Santos, ginasta campeã mundial .... Consulte o historiador e geneticista Flavio Rogerio Ribeiro de Sá Cohen , ele ...
      6) Sobre los Apellidos Hispanos de Origen Judío Sefardita
      realsociedaddehistoriadores.blogspot.com/.../apellido...
      Traduzir esta página
      2 de fev de 2011 - ESTAS PERSONAS HIPÓCRITAS, PUBLICAR COPIADO ESTOS ESTUDIOS DE FLAVIO SA COHEN EN BLOGS Y ORKUT, SIN MENCIONAR ...
      7) Česká židovská příjmení – seznam | ondřej sidor * Krása ...
      www.cd89.cz/seznam-ceskych-zidovskych-prijmeni
      Traduzir esta página
      5 de dez de 2013 - ... další příjmení, která nosili či nosí lidé s možným alespoň částečným .... můj bratranec, historik a genetik Flávio Rogério Ribeiro de Sá Cohen

      PROCURE CONHECER O TRABALHO SÉRIO DO MEU PRIMO, O HISTORIADOR FLÁVIO ROGÉRIO RIBEIRO DE SÁ COHEN, DIGITANDO O NOME DELE NO GOOGLE MESMO, E VOCÊ VERÁ QUE ELE SEMPRE RESPONDE AS PESSOAS QUE O CONSULTAM DANDO UMA RESPOSTA EXATA E DETALHADA BASEADA EM HISTÓRIA, GENEALOGIA E GENÉTICA DE POPULAÇÕES HUMANAS ( PORQUE ELE TAMBÉM É ESPECIALIZADO NESSA ÁREA) SOBRE O QUE A PESSOA PRECISA SABER SOBRE A SUA ORIGEM JUDAICA SEFARDITA. CONSULTE E SOLICITE UM ESTUDO DO FLÁVIO DE SÁ COHEN E VOCÊ NÃO IRÁ SE ARREPENDER QUANDO ELE TE RESPONDER. FICA COM DEUS!

      Excluir
  2. Baruch Hashem, é o despertar de uma alma judia!

    ResponderExcluir
  3. estou maravilhado com tudo que li, estas informações respondeu parte das perguntas que eu venho fazendo a algum tempo referente as minhas raízes judaicas.
    mesmo sem saber, passei a vida toda com uma voz em meu coração dizendo que eu era judeu, mas, este ano me dediquei em responder para min mesmo, hoje não tenho duvida, eu sou judeu, bendito seja yhwh para todo o sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Shalom Ricardo eu estou muito feliz por saber que eu sou descendente de Abraão,Israel sempre me chamou a atenção mas até o momento eu não sabia o porque,mas agora eu sei.

      Excluir
  4. Prezado Ricardo, os avós de minha mãe eram do antigo "Império Austro-húngaro", com sobrenome "Tomich" e dizem que seriam judeus ou descendentes, e, sendo assim, que eu, por exemplo, seria judeu, até porque também dizem que a condição de judeu passaria pela mãe. E como minha bisavó teve minha avó, que teve minha mãe, eu e meus irmãos seríamos judeus. Você sabe se através desse site (http://www.judaismomessianicobrasil.com.br/) ou algum outro eu posso saber sobre isso? Ou devo procurar alguma instituição judaica? Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigado, Ricardo! Você me ajudou muito, até com muito mais explicações do que eu esperava. Muita gentileza de sua parte. Um grande abraço! Shalom!

    ResponderExcluir
  6. Ricardo, muito obrigada por seu trabalho e dedicação, que percebemos não é pouco! E sua contribuição é enorme não só para as pessoas, mas para a História! Percebo que tem muitos museus e documentos históricos que são mostrados nos videos, gostaria de saber mais sobre as fontes que você usa e alguns museus que desconheço. Ah! acredito que eu também seja da família oliveira não só pelo sobrenome mas também sinto que era isso que minha alma buscava até encontrar os videos da Beit El Shamah, e que mais pessoas possam se encontrar e retornar ao Eterno, que o Eterno te abençoe pra que continue esse trabalho que é essencial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CONTINUANDO....

      5) Por que tem tanto "Silva" no Brasil? - Mundo Estranho
      mundoestranho.abril.com.br/materia/por-que-tem-tanto-silva-no-brasil
      Famoso com esse sobrenome - Daiane dos Santos, ginasta campeã mundial .... Consulte o historiador e geneticista Flavio Rogerio Ribeiro de Sá Cohen , ele ...
      6) Sobre los Apellidos Hispanos de Origen Judío Sefardita
      realsociedaddehistoriadores.blogspot.com/.../apellido...
      Traduzir esta página
      2 de fev de 2011 - ESTAS PERSONAS HIPÓCRITAS, PUBLICAR COPIADO ESTOS ESTUDIOS DE FLAVIO SA COHEN EN BLOGS Y ORKUT, SIN MENCIONAR ...
      7) Česká židovská příjmení – seznam | ondřej sidor * Krása ...
      www.cd89.cz/seznam-ceskych-zidovskych-prijmeni
      Traduzir esta página
      5 de dez de 2013 - ... další příjmení, která nosili či nosí lidé s možným alespoň částečným .... můj bratranec, historik a genetik Flávio Rogério Ribeiro de Sá Cohen
      8) GENEALOGIA SERRANA DE SANTA CATARINA ...
      genealogiaserranasc.blogspot.com/.../vamos-colocar-no-blog-uma-seque...
      23 de jun de 2012 - Ola meu nome é Samuel Henrique Ribeiro dos santos sera que .... COMO AS DE SOBRENOME RIBEIRO POR FLÁVIO DE SÁ COHEN, CONTINUAÇÃO. .... Agradecimentos a José Nilton Matos e Rogério Palma de Lima que ...
      9) Article: Origins of Sá Family - Part II... - Conde de Kakflour
      https://pt-br.facebook.com/CondeDeKakflour/posts/334574033313718
      Adiantando que na verdade histórica sobre a origem do sobrenome SÁ /SAA ... Nota: O caro e esforçado pesquisador Flávio Rogério Ribeiro de Sá Cohen ..


      E OLHE QUE O FLÁVIO DE SÁ COHEN , POR SER UMA PESSOA SUPER-HUMANA ,CORTÊS, HONESTA E EDUCADA PARA COM O PRÓXIMO, ATENDE A TODAS AS PESSOAS QUE BUSCAM SUAS ORIGENS JUDAICAS, EXISTEM VÁRIOS ESTUDOS SOBRE ORIGEM JUDAICAS DE FAMÍLIAS BRASILEIRAS COMO OLIVEIRA, PEREIRA, FERREIRA, ALMEIDA, QUEIROZ, GUEIROS, MOURA, MORAES, GOMES, MACHADO, ETC, DE AUTORIA DO FLÁVIO DE SÁ COHEN, QUE VEZ OU OUTRA APARECEM POSTADOS NA INTERNET, POR PESSOAS SEM CARÁTER QUE SOLICITAM OS SERVIÇOS DO FLÁVIO E DEPOIS DE FORMA DESONESTA OS POSTAM COMO SE FOSSEM OS AUTORES. FAZER O QUE? COISAS DO BRASIL, QUE SÃO REFLEXOS DE UM PAÍS GOVERNADO POR MAUS CARATERES QUE TEM QUEM OS IMITE.. PROCURE CONHECER O TRABALHO SÉRIO DO MEU PRIMO, O HISTORIADOR FLÁVIO ROGÉRIO RIBEIRO DE SÁ COHEN, DIGITANDO O NOME DELE NO GOOGLE MESMO, E VOCÊ VERÁ QUE ELE SEMPRE RESPONDE AS PESSOAS QUE O CONSULTAM DANDO UMA RESPOSTA EXATA E DETALHADA BASEADA EM HISTÓRIA, GENEALOGIA E GENÉTICA DE POPULAÇÕES HUMANAS ( PORQUE ELE TAMBÉM É ESPECIALIZADO NESSA ÁREA) SOBRE O QUE A PESSOA PRECISA SABER SOBRE A SUA ORIGEM JUDAICA SEFARDITA. CONSULTE E SOLICITE UM ESTUDO DO FLÁVIO DE SÁ COHEN E VOCÊ NÃO IRÁ SE ARREPENDER QUANDO ELE TE RESPONDER. É ISSO AÍ E QUE QUE O ETERNO E BENDITO DEUS DE ISRAEL ABENÇOE A TODOS!

      Excluir
  7. Shalom!
    Gostaria de saber se vocês tem informações detalhadas sobre a família "Rios". Minha ascendência por parte de pai já foi bem esclarecida aqui, agora só falta por parte de mãe.

    ResponderExcluir
  8. Há muitos indicadores de que o nome Rios é de origem judaica, proveniente das comunidades da Espanha e Portugal.
    O nome da família Rios é citado, em relação aos Judeus e Cripto-Judeus em pelo menos 5 bibliografias referente a inquisição.
    Muitos nomes foram criados como forma de "mascarar" a origem judaica (como exemplo) Cohen, que significa sacerdote, conseguiram camuflá-lo como Cunha e também Coelho, Manasses como os Menezes, etc., Muitos dos nomes estão diretamente relacionados a lugares. No caso de Rios, o mais provável é de que a família tenha se abrigado em uma região ribeirinha de Portugal.
    Recomendo que faça o FTDNA para tirar suas dúvidas - http://www.familytreedna.com/

    ResponderExcluir
  9. Shalom Ricardo.. Muito bom e interessante.. Eu gostaria de saber sobre a origem do meu sobrenome por parte de mãe. Que é Lima! Você poderia me ajudar? Ficaria muito grata!

    ResponderExcluir
  10. Shalom Deise, existe sim, algumas citações do sobrenome Lima nos registros da inquisição, porém é muito difícil precisar alguma coisa. Comece a sua busca pelo http://pt.nameyourroots.com/,(você faz na hora uma busca pelo sobrenome) sugiro ainda que se você tem o desejo de saber mais, faça o teste de DNA, por esse link que te enviei, ou pelo https://my.familytreedna.com (FTDNA). Dê sempre uma checada, pois existem promoções periódicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Schalom, gostaria de saber sobre a familia Mattos.

      Excluir
    2. Schalon, Gostaria de saber sobre a familia Mattos, de onde veio qual seu possivel sobrenome original etc...

      Excluir
  11. Muito esclarecedor esse texto sobre a origem dos nomes judaicos ... Tenho Oliveira por parte de mãe e Fernandes por parte de pai. Não é atoa que me dedico ao Eterno e a suas mistvot na Tora. E sou um estudioso com todo amor das Sagradas Escrituras... mesmo sem saber dessa possibilidade de origem... agora, se isso se confirma mesmo, vou me dedicar mais ainda observando e meditando a Torá. Eugenio Fernandes de Oliveira

    ResponderExcluir
  12. Muito esclarecedor a matéria,agora sei de onde vem o meu amor pela terra de Israel e a minha busca pela verdade nas escrituras rejeitando a trindade e todo o malefício que tal ensinamento traz ,sou da família Farias por parte de pai e fiquei muito feliz em saber da descendência judaica e também ser descendente da tribo de judá ,estou muito contente mesmo. Gostaria de saber se os carvalho,os Albuquerque e os Arruda também tem a descendência judaica.

    Abraços
    Richard Donovan Pegorário de Farias.

    ResponderExcluir
  13. Shalom! Minha mãe é Moreira filha de mãe de sobrenome Cordeiro. Minha dúvida esta em outro sobrenome já que não fui registrado com esses citados. O sobrenome é Castilho. Já li listas de sobrenome que tem Castilho e listas que não tem esse sobrenome na lista de famílias judias. O senhor teria uma posição sobre ele? Obrigado pela atenção! Shalom kol Israel!

    ResponderExcluir
  14. Meus sobrenome por parte de mãe é Carneiro, uma família muito grande no Ceará, mas meus avós tem também "Figueiredo", "Calixto", "Moreira", por parte de pai tem o "Goes de Oliveira" também do Ceará, creio que deva haver uma raiz judaica por nisto tudo, também o nome do meu avô Aloísio, se repete o tempo todo na família, de geração em geração..inclusive tenho um tio e um irmão com este nome... caso saiba de alguma coisa , Rosh peço que me fale ou escreva, Shalom! Sophia de Oliveira

    ResponderExcluir
  15. Obrigada pelas informações, pois tenho curiosidade em saber as origens do meu sobrenome Oliveira, que alegria em ler sua pesquisa.

    ResponderExcluir
  16. Pena que não é aceito nas sinagogas esses sobrenomes mas pouco importa. Gostaria de saber se sálvia também vem de judeus o sobrenome?

    ResponderExcluir
  17. Fiquei surpresa em saber do lado judeu da história do Brasil, fiquei mais surpresa ainda em ver os costumes que ouvi minhas avós e avô falarem que ñ podia fazer, e quando constatei os sobre nomes Silva, Nunes, Martins, Carvalho e Menezes que são de meus pais e avós fiquei impactada e muito feliz em saber de minha origem que sempre quis saber sempre procurava. Ñ sei se é emoção mais mim sinto apaixonada pelo judaísmo. Tenho assistindo os vídeos da beitelshamah.

    ResponderExcluir
  18. Fiquei muito impressionada em saber do outro lado da história do Brasil, e quando assisti a reportagem que vi costumes que meus familiares tem até hoje é quando olhei os sobre nomes e vi os Silva, Nunes, Martins, Carvalho e Menezes de meus pais e avós fiquei muito feliz em saber da minha origem por que foi uma coisa que eu sempre quis saber. Ñ sei se é emoção mais mim sinto apaixonada pelo judaísmo. E cada vídeo que assisto da beitelshamah mim sinto uma judia, rsrsrsr.pena que em aracaju ñ tem nem um grupo. Parabéns a todos da beitelshamah.

    ResponderExcluir
  19. Ola Shalom. Meu nome é Manatiel de Oliveira Silva e fico grato porque quero saber a origem da minha família. Obg. pelos esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  20. Queria ajuda. Sou brasileira. Do lado de minha mãe, sou neta de alemão e brasileira. Meus avós se chamam Rudolf Pfeilsticker e avó Herminia Pfeilsticker Azevedo. Do meu lado paterno, minha avó se chamava Maria Elisa de Oliveira e Silva e meu avô Elias de Oliveira. Esse meu avô era filho de José António de Oliveira. No entanto, esse foi o nome adotado no Brasil. Na verdade, ele se chamava Youssef Asbeck Raibe. Existe um tabu sobre a origem desse meu bisavô. Meu pai fala que ele veio do Líbano. Ele veio sem a família. E o estranho se ELE veio de lá porque ELE tem sobrenome tb alemão? Preciso descobrir minha origem. Pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  21. Prezado Ricardo, Meu nome é Italo Steve Magno Feijó, eu sou estudante de Teologia Cristã, e venho à algum tempo pesquisando sobre o marranismo, sobre as origens dos brasileiros para entender o comportamento social do povo e das classes, e venho cada dia me impressionando com o que venho descobrindo, com as pesquisas de Anita Novinsky e de outros pesquisadores, e gostaria de saber que tribo o meu sobrenome Feijó veio, e alguns sobrenomes que eu descendo, como Costa, Albuquerque, Sousa, cada vez mais eu me aprofundo nestas histórias e fica fascinado.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  22. olá! meu sobre nome é teles. É certo que é de origem judaica ou tu achas que há outra possibilidade?
    obrigado!

    ResponderExcluir
  23. Outra questão. Se todos os nomes que dizem ser de origem serfadita na península ibérica, então praticamente todos os espanhóis são serfadita. Não teria nenhum de origem ibérica, celta, romana, visigótica, basca, árabe. Ou seja seriam todos serfadita. São teorias sem comprovação.

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Olá, meu nome é Ricardo Oliveira de Araújo, gostei muito dessa informação, onde poderia encontrar mais? E outra pergunta, onde posso fazer o teste de DNA ?para que eu possa tirar todas as dúvidas possíveis!

    ResponderExcluir

Todo comentário será previamente avaliado antes do mesmo ser publicado.
Favor assinar com o seu endereço de email.
Obrigado.